terça-feira, 4 de junho de 2013

O confirmado passou a oficial: Jorge Jesus renova com o Benfica


"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248.o do Código dos Valores Mobiliários, vem informar que renovou o contrato de trabalho desportivo celebrado com o seu treinador Jorge Fernando Pinheiro de Jesus por mais duas épocas desportivas, ou seja, até 30 de Junho de 2015."

Foi assim que terminou a novela da renovação ou não do Treinador Jorge Jesus! Aconteceu o que muitos não queriam! Nós por cá, como grupos de caceteiros, já nos fartamos de andar a bulha (compreenda-se bulha como porrada da forte com nódoas negras, dedos em carne, paragens cerebrais e pernas partidas). Assim não existe uma opinião do Patadas no Borges!


Caceteiro Pires- Na minha opinião considero uma decisão acertada. Sei que muitos discordaram, justificando a falta de títulos como um dos factores para estarem contra esta decisão. O principal factor para mim é o crescimento que houve nestas duas ultimas épocas. Sim, não me esqueço da 2ª época em que a equipa regrediu claramente e esteve longe dos objectivos traçados. Esta época JJ levou a sua equipa ao fim de todas as competições, perdendo todas (algo probabilisticamente pouco provável). Um outro factor  foi a falta de treinadores com provas dadas (Paulo Fonseca e Rui Vitoria não são para mim treinadores com provas dadas).

Para a próxima época existirá muita pressão em Vieira e Jorge Jesus. Caso hajam falhas logo de inicio, o Presidente e Jorge Jesus serão enchuvalhados de criticas. Falta ainda saber qual será o ordenado, se será por objectivo ou não. Fica agora também mais provável a saída de Oscar Cardozo do clube encarnado.

7 comentários:

Barros disse...

No Benfica a não conquista de títulos (leia-se incompetência) passou a ser premiada com renovações e contratos chorudos. Assim fica difícil fazer, se quer, cócegas à hegemonia do Porto.

MrGonyalo disse...

Mais difícil seria se o Benfica muda-se o seu treinador.
O Benfica esteve a 1 minuto de conquistar o título de campeão Nacional, não se esqueça.

Cumprimentos,
Caceteiro Borges

Barros disse...

O Benfica está à 3 anos a 1 minuto de ganhar o título de campeão. E a Taça de Portugal. E as competições europeias. Só que esse minuto, numas épocas foi mais longo noutras foi mais curto.
No fim, o resultado foi sempre o mesmo. O Benfica perdeu essas competições.
Mais uma vez digo, a incompetência é premiada.
Mas compreendo que mantenham um treinador que paga o salário a ele próprio.

MrGonyalo disse...

Há quanto tempo não vês o Benfica a jogar da forma como joga?
Sem Jorge Jesus e com essa politica desportiva, o Benfica estaria num fosso parecido ao do Sporting que com Godinho Lopes investiu imenso, mas com treinadores medíocres, nunca consegui vingar, sendo ultrapassado por clubes como Braga (consecutivamente), Paços e o recém promovido Estoril.
Jesus é o Messias do Benfica. E se o Vieira não tivesse formalizado o contrato, o Pinto da Costa contratava o Jesus e o Porto era campeão mais 5 anos seguidos.

Cumprimentos,
Caceteiro Borges

Barros disse...

Ver bom futebol não chega. Um adepto do Benfica espera que a equipa vença títulos, ganhe competições e bata os seus maiores rivais. O Benfica foi ultrapassado em dois anos consecutivos pelo Porto, actualmente o maior rival dos encarnados na recta final do campeonato depois de ter estado na frente durante quase todo o campeonato. O bom futebol não chega, porque não dá títulos. O Benfica jogou melhor na final da Liga Europa. Mas daqui a 5,10 anos, ninguém se vai lembrar disso mas sim do "bi-campeonato" europeu dos londrinos (em dois anos seguidos vencem Liga dos Campeões e Liga Europa).
E muito aguentaram os apoiantes dos encarnados, que mesmo após as derrotas no Dragão e em Amesterdão, mostraram-se sempre ao lado da equipa.
A derrota na final da Taça com o Guimarães foi a gota de água numa estratégia que não deu as conquistas proporcionais ao investimento feito. O profissional do futebol português mais bem pago de sempre venceu 1 em 4 campeonatos. É suficiente? Claro que não.

Quanto à questão de ser campeão no Porto, já se viu que qualquer treinador que vai para o Porto arrisca-se a ser campeão. Vitor Pereira é o maior exemplo disso mesmo.

Cumprimentos.

MrGonyalo disse...

Bom, então venha o Trapattoni. É o que preferes, não é?

A longo prazo, Jorge Jesus é o melhor treinador em quem o Benfica pode apostar, porque vai rentabilizar os jogadores.

E por mais que penses, Barros, a curto prazo também não há melhor que ele, porque para o ano o Benfica continua como grande candidato ao título, especialmente se Vítor Pereira sair.

Cumprimentos,
Caceteiro Borges

Barros disse...

Não interessa quem vai para o Porto, vai ser sempre o maior candidato ao título visto que foi campeão e a estrutura não muda. Entram e saem jogadores mas a qualidade é a mesma.

Se preferia Trapattoni? Se calhar sim, Trap teve cá uma época e foi campeão com um plantel com craques como Alcides, Fernando Aguiar entre outros.
Não ficou cá mais tempo, não podemos aferir sobre o "longo prazo" como tu gostas de falar.
Mas já agora diz-me: o que é para ti longo prazo? 5 anos? 10 anos? 20? Quanto mais tempo terá Jesus para provar que o investimento que foi feito nele e nos jogadores não foi "em vão"?

Cumprimentos.

Enviar um comentário

Aqui não há lápis azul, aqui não há comentários rejeitados. Portanto: Escreve praí!