sábado, 29 de junho de 2013

Le Tour de France


'Começou hoje a prova mais mítica do ciclismo, Tour de France, prova onde todos os ciclistas aspiram inscrever o seu nome no palmarés. Fazendo uma análise detalhada à lista de inscritos e aos respectivos lideres vamos lançar a nossa perspectiva em relação ao Top 10.


Este ano a lista de candidatos ao pódio da Volta a França é bastante extensa, no entanto, podemos destacar rapidamente dois nomes para a vitória na classificação geral, sendo eles, Alberto Contador e Christopher Froome. Ambos já deram provas que conseguem ganhar e Froome demonstrou-o no na alta montanha do Tour do ano passado,estando por diversas vezes mais forte que o seu colega de equipa e vencedor da prova Bradley Wiggins.
Alberto Contador, por sua vez, já mostrou que sabe ganhar qualquer uma das grandes voltas e tem mais experiência em provas de três semanas, sendo isso bastante importante para gerir as suas energias ao longo das 21 etapas que se seguem. Lançando uma aposta final, na nossa opinião Alberto Contador sairá vitorioso neste desafio.
Froome demonstrou já este ano, ao superar Contador no Critérium du Dauphiné que é outro dos nomes a equacionar. 
Para completar o pódio, temos ciclistas como Cadel Evans, que já mostrou que, com ou sem equipa, consegue obter bons resultados; Joaquim Rodriguez que é um dos melhores trepadores da actualidade e provável vencedor de algumas etapas de alta montanha, porém está em desvantagem no contra-relógio. Temos também Alejandro Valverde, rodeado de uma boa equipa onde figura Rui Costa e Nairo Quintana, dois grandes ciclistas que o podem ajudar a conquistar um lugar no pódio.
Para o restante Top 10, podemos apostar em Andy Schleck que tem estado muito apagado nesta ultima época. Tejay Van Garderen, um jovem ciclista que já mostrou no ano passado que consegue estar no topo da classificação (terminou no 5º lugar). Richie Porte, o escudeiro de Froome, já mostrou que é um excelente ciclista e que é capaz de estar entre os melhores. Bauke Mollema já terminou em 4º lugar na Vuelta, sendo capaz de estar entre os melhores em provas de 3 semanas. Pierre Rolland, na nossa opinião será o único Francês capaz de estar entre os melhores na classificação geral.
Por fim o português Rui Costa já demonstrou por duas vezes na Volta a Suíça que é capaz de vencer na presença de grandes corredores e de assumir o papel de líder quando Valverde falha, podendo também terminar este Tour no Top 10 e quem sabe vencer uma etapa novamente. Já Sérgio Paulinho apresenta-se como o gregário de luxo de Contador, sendo uma peça fundamental no possível êxito do espanhol, mas com alguma liberdade do seu líder poderá tentar uma fuga e vencer pela segunda vez uma etapa no Tour.'

Texto do nosso colaborador especial de ciclismo e ex-ciclista (caíu mais vezes do que ganhou) Gonçalo Horta!

1 comentários:

Barros disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

Enviar um comentário

Aqui não há lápis azul, aqui não há comentários rejeitados. Portanto: Escreve praí!